08/06/16 09:22

Uma cidade que respira dança

Apresentação do Balé Juvenil Centro Cultural Gustav Ritter

 Nas ruas, praças, shoppings, em todos os cantos da cidade: “a vida é um palco, movimento e emoção”. O verso anuncia um dos maiores eventos de dança em todo o mundo: O Festival de Dança de Joinville, que em sua 34º edição será realizado de 20 a 30 de julho. Entre as noites de abertura, mostras competitivas e de gala, cerca de 170 horas de espetáculo serão oferecidas ao público, com destaque para a São Paulo Companhia de Dança e Balé Teatro Guaíra.

 

As principais atrações do Festival se concentram no Centreventos Cau Hansen, onde são realizadas a Abertura, Mostra Competitiva e a Noite de Gala. A São Paulo Companhia de Dança abrirá o festival, com três coreografias. Entre elas estará a Gnawa. Com 14 bailarinos em cena, esta peça utiliza os quatro elementos fundamentais – água, terra, fogo e ar - para tratar da relação do ser humano com o universo.

 

Nas noites seguintes, o palco do Centreventos estará reservado para as mostras competitivas. Entre quase 3.045 coreografias inscritas, a curadoria selecionou apresentações em sete gêneros: balé clássico de repertório, balé neoclássico, dança contemporânea, jazz, danças urbanas, danças populares e sapateado, nas formas solo, duo, variações, grand pas de deux e conjunto.

 

A especial Noite de Gala, em 25/7, terá a presença confirmada da tradicional Companhia do Balé Teatro Guaíra. A BTG presenteará o público com o encontro mágico e romântico de Cinderela e seu príncipe, no espetáculo Cinderela, do coreógrafo espanhol Gustavo Ramirez Sansano.

Para os apaixonados por dança o festival traz diversas atrações, como o festival Meia Ponta, as apresentações em seis palcos abertos e a movimentada Feira da Sapatilha.

Crédito de foto: Nilson Bastian